Centro de Treino e Avaliação Desportiva RSS

A metodologia de treino avançada, onde cada ritmo de treino é determinado em função da especificidade de cada atleta e das suas capacidades individuais, e não baseado em função da % de intensidade do FTP. Todos somos diferentes fisiologicamente, pelo que, a determinação de ritmos de treino em função de % de FTP fica cada vez mais aquém das reais necessidades de cada atleta. Para os mais entusiastas do treino, realçar ainda que, logicamente, a capacidade de rendimento a intensidades sub FTP, zona de remoção de lactato, zona de queima de gordura, variam ao longo do ano, em função do...

Ler mais

O treino, é sem dúvida o ponto principal através do qual todo o fenómeno evolutivo da performance desportiva se desenvolve. Contudo, existem “condições” ideais para que os mesmos resultem no efeito pretendido, e sejam suficientemente capazes de operar alterações nas capacidades físicas do atleta no sentido que o mesmo pretende, de acordo com os seus objectivos. A alimentação/nutrição, que por ser o combustível para a toda atividade física, é a base de todo o processo, e a mesma deve ser feita sempre em qualidade, sem restrições e de preferência sem “desvios” ao padrão de qualidade pretendido. Contudo, existe ainda um...

Ler mais

O atleta amador, que se iniciou na corrida e que procura crescer paulatinamente na modalidade, começa numa fase inicial por somar corridas, quilómetros, horas de treino até que atinge um patamar de rendimento relativamente regular e homogéneo. Isto acontece devido à rotina que se instala na dinâmica de treinos, motivo pelo qual os estímulos resultantes desses esforços deixam de ser suficientemente intensos para produzirem alterações significativas na performance desportiva. Rotina Acontece que, na maior parte dos casos os praticantes acomodam-se a esse patamar de desempenho desportivo, e isto pode acontecer por não ambicionar minimamente qualquer melhoria, ou por assumir esse...

Ler mais

Na fase inicial da época desportiva é comum incluir este tipo de treino no planeamento semanal do atleta. Apesar de haver uma opinião comum acerca das vantagens da inclusão do reforço muscular na pré-época, existem algumas questões que subsistem entre treinadores e atletas que criam duvidas e que normalmente, por falta de informação, acaba-se por prescindir deste tipo de trabalho, ou de o mesmo ser mal monitorizado. Será o treino de ginásio é bem direcionado? Será corretamente prescrito e executado em função da modalidade desportiva em questão? Deverá este reforço muscular ser exclusivo da pré-época? Qual a abordagem mais indicada?...

Ler mais

Numa perspectiva evolutiva em modalidades altamente dependentes da componente física e fisiológica, o trabalho a realizar em cada treino deve ser meticulosamente estruturado com o intuito de promover as adaptações pretendidas no atleta de forma a alcançar patamares de rendimento desportivo superiores. Quando cheguei ao mundo do ciclismo, à alguns anos atrás, tudo era bem diferente e menos desenvolvido do que hoje em dia. Naquela altura os níveis de treino eram bastante subjetivos e por vezes pouco específicos. Trabalhava-se também muitas vezes com base na percentagem de frequência cardíaca, algo que hoje em dia até nos ginásios e aulas de...

Ler mais